Home / Noticias Blog / Justiça vai interrogar via videoconferência 5 acusados de matar e queimar família no ABC

Justiça vai interrogar via videoconferência 5 acusados de matar e queimar família no ABC

Em razão da pandemia, a justiça optou por interrogar via videoconferência os cinco réus presos acusados de matar e queimar um casal e seu filho em janeiro de 2020, no ABC Paulista. As vítimas, Romuyuki Veras Gonçalves, Flaviana de Meneses Gonçalves e o filho adolescente Juan Victor Gonçalves foram encontradas mortas queimadas em um veículo em São Bernardo do Campo.

Romuyuki, Flaviana e Juan Gonçalves foram encontrados carbonizados no ABC — Foto: Reprodução/TV Globo
Romuyuki, Flaviana e Juan Gonçalves foram encontrados carbonizados no ABC — Foto: Reprodução/TV Globo

Entre os detidos está a filha do casal, Anaflávia Martins Gonçalves, a namorada dela, Carina Ramos de Abreu. Além disso, está também os dois irmãos Juliano Oliveira Ramos Júnior e Jonathan Fagundes Ramos, que são primos de Carina. O quinto preso é Guilherme Ramos da Silva, vizinho dos irmãos. Os réus respondem por assassinato, roubo, ocultação de cadáver e associação criminosa.

As namoradas Anaflávia Gonçalves e Carina Ramos de Abreu; os irmãos Juliano e Jonathan Ramos; e o vizinho Guilherme Silva. Os cinco são acusados de matar uma família no ABC em 2020 — Foto: Reprodução/Redes sociais e arquivo pessoal

De acordo com a acusação feita pelo Ministério Público, os crimes foram cometidos entre os dias 27 e 28 de janeiro deste ano nas cidades de Santo André, onde as vítimas moravam e foram mortas com golpes na cabeça, e em São Bernardo do Campo, onde os corpos foram encontrados. Ainda, conforme a Promotoria, o grupo decidiu invadir a residência das vítimas para simular um assalto com sequestro de reféns. O objetivo dos criminosos era ficar com bens móveis e financeiros da família.

A primeira audiência do caso está marcada para o dia 22 de setembro, a partir das 13h30. Ela será por teleconferência para evitar o risco de contágio e propagação da Covid-19. O juiz Lucas Tambor Bueno, da Vara do Júri e das Execuções, comandará a sessão por uma câmera e monitor de TV, direto do gabinete dele, no Fórum de Santo André.

Nessa etapa do processo, o magistrado ouvirá também os depoimentos das testemunhas e o Ministério Público (MP) e a defesa dos cinco réus. Após isso, o juiz terá um tempo para decidir se existem elementos suficientes para levar os acusados a julgamento pelos crimes, marcando uma data para o júri popular.

Desse modo, caso ocorra o júri popular, ele será realizado em Santo André, onde foram cometidos os assassinatos, e não mais em São Bernardo, onde os corpos foram achados e caso era investigado. Assim, outros juízes e promotores deverão cuidar do caso no Fórum de Santo André.

As duas mulheres e três homens presos pelo assassinato de Romuyuki, de 43 anos, sua mulher, Flaviana, de 40, e o filho deles, o estudante Juan, 15, falarão também por videoconferência, do local onde estão presos. Quatro dos acusados estão detidos em Tremembé, no interior do estado. E um deles está preso na capital paulista.

Defesas

O escritório de advocacia que faz a defesa das namoradas Anaflávia e Carina informou que elas confessaram à Polícia Civil o envolvimento no roubo, mas negaram ter participado das mortes.

Enquanto isso, defesa de Juliano e Jonathan confirmou a realização da videoconferência para o próximo mês. Inicialmente, os irmãos tinham confessado envolvimento nas mortes e acusaram também a participação tanto Anaflávia quanto Carina nos assassinatos. Mas depois deram outra versão. Os advogados de defesa de Guilherme não foram localizados para comentar o assunto. Também não há informações sobre o que ele teria dito antes à investigação a respeito dos crimes.


Fonte: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

Facilite sua vida com serviços de encanamento comercial

Importância de Desentupir um telhado com vazamento e mantê-los

Encanamento entupido: razões para contratar uma Desentupidora Curitiba especializada pelo motivo deque a Desentupidora Curitiba …

Call Now Button