Home / Noticias Blog / Passeios alternativos na região de Curitiba durante a pandemia

Passeios alternativos na região de Curitiba durante a pandemia

Aos poucos, com a gradativa flexibilização das medidas restritivas contra o coronavírus (covid-19) por parte do poder público, muitos estabelecimentos relacionados ao setor de turismo já começaram a retomar suas atividades, oferecendo opções de lazer na região de Curitiba. São atividades alternativas de diversão e relaxamento rápidas, baratas e que levam em conta as medidas sanitárias de segurança contra o contágio pela covid-19.

Abaixo estão algumas sugestões de viagens próximas de Curitiba para passar o dia.

LEIA TAMBÉM – Aglomeração e desrespeito marcam o fim de semana em parques estaduais na região de Curitiba

Em Morretes, Ekôa Park contato com a natureza

Ekôa Park. Foto: divulgação.

Após quatro meses fechado, o Ekôa Park, em Morretes, voltou a receber turistas no último dia 7 de agosto. Localizado na maior área contínua remanescente de Mata Atlântica, o parque ganhou novas instalações artísticas e de entretenimento, com experiências imersivas, circuitos de atividades e opção de cestas de piquenique ao ar livre, oferecendo uma experiência imersiva na natureza. Além disso, o local conta com atividades como arvorismo, tirolesa, trilhas com diferentes níveis de dificuldade, túnel sensorial pela mata, rapel e voo cativo de balão.

A diretora do empreendimento, Tatiana Perim, afirmou que as novas propostas foram criadas para que as pessoas voltem a sentir os benefícios da natureza, mesmo durante a pandemia. “Em função do momento que estamos vivendo, reabrimos o parque com toda a segurança, oferecendo novas atrações, respeitando o distanciamento e as medidas de segurança, mas com a imersão na natureza ao mesmo tempo”, diz.

Os turistas podem conhecer o espaço localizado no Km 18,5 da Estrada da Graciosa de sexta a domingo e nos feriados, das 9 às 17 horas. Todas as visitas precisam ser agendadas pelo e-mail [email protected] Dentro do local também é obrigatório o uso de máscara e o distanciamento mínimo de dois metros entre as pessoas. O limite de visitantes foi reduzido para 100 pessoas por dia. Os ingressos custam a partir de R$ 60 a inteira e R$ 30 a meia-entrada, com opções de pacotes e atividades avulsas para toda a família. Mais informações estão disponíveis no site do Ekôa Park.

Caminho do Vinho, em São José dos Pinhais, reduz capacidade de público e adota medidas sanitárias

Foto: divulgação.

Em razão da pandemia, a tradicional Festa do Vinho, em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, não será realizada neste ano. Porém, toda a estrutura do roteiro rural do Caminho do Vinho seguirá funcionando. Como medidas para prevenir a disseminação da Covid-19, os empreendimentos associados a Acavim – Associação do Caminho do Vinho, que administra o roteiro de turismo rural na região, adotaram medidas sanitárias para voltar a atender seus clientes. O local ficou 45 dias fechado ao público.

Todas as propriedades diminuíram sua capacidade de público a 30% da lotação original, deixando as mesas mais afastadas umas das outras. Além disso, os colaboradores dos empreendimentos seguem rigorosamente as regras de segurança e higiene, utilizando luvas e máscaras durante todo o tempo. É disponibilizado também álcool em gel em vários pontos de todos os empreendimentos e não é permitida a entrada de pessoas nos comércios sem o uso de máscaras.

Nos restaurantes e cafés coloniais, que operam com buffets, a solução encontrada foi a utilização de luvas para pegar nos utensílios para os clientes se servirem, sendo que, além disso, não é permitido se servir no buffet sem máscara. A máscara só pode ser retirada na mesa, na hora de se alimentar. Todos os empreendimentos contam ainda com tapetes sanitizantes na entrada dos estabelecimentos.

As regras foram estipuladas em reunião com a diretoria da Acavim e a prefeitura de São José dos Pinhais, com o objetivo de restaurar o movimento do roteiro, mas evitar aglomerações e riscos à saúde dos turistas, tendo em vista que a região é muito movimentada, especialmente aos fins de semana. De acordo com a presidente da Acavim, Thaís Obiava, todos os estabelecimentos estão seguindo a risca as determinações, contando com o apoio da prefeitura para fiscalizar e orientar os comerciantes locais. “Nossos turistas entenderam que é necessária essa adaptação para que pudéssemos voltar a atender. Praticamente todos os empreendimentos do Caminho do Vinho são empresas familiares. Dependemos dos nossos comércios para sustento, então, nos adaptamos, seguindo todos os cuidados, e fiscalizando, para que todos cumpram, para que possamos voltar a receber os clientes. E os clientes entenderam, estão nos apoiando e respeitando as regras, ajudam a fiscalizar”.

O Caminho do Vinho está localizado na Colônia Mergulhão – R. Júlio César Setenareski, 2351 – em São José dos Pinhais.

Cachoeira do Panelão, em Porto Amazonas, faz agendamento para evitar aglomerações

Foto: divulgação.

Um dos lugares mais populares na região de Curitiba, a Cachoeira do Panelão chama a atenção pela beleza de recanto natural, uma propriedade rural particular localizada a cerca de 50 quilômetros de Curitiba, quase em frente ao trevo da Colônia Witmarsum, na BR-277 km 146,5. Bastante frequentada nos dias de calor em razão da queda de água e do poço natural, ideal para um mergulho, é perfeito para um passeio em família.

As visitas são limitadas aos finais de semana e feriados e antes de pegar a estrada é necessário verificar se o local está aberto, pois o funcionamento pode variar de acordo com as condições climáticas e o volume do rio. Por uma questão de segurança e para garantir que não ocorra aglomeração na propriedade, atualmente as visitas estão sendo realizadas apenas com reservas antecipadas que podem ser feitas somente pelo WhatsApp (41) 99510-1530.

O valor da entrada custa R$ 69,90 por pessoa para passar o dia, já incluído o almoço, que é servido em local aberto e com um distanciamento adequado entre as mesas. Além disso os frequentadores também contam com uma lanchonete, banheiros e guarda-vidas no rio. A página do Facebook “Cachoeira do Panelão” é atualizada constantemente com a programação da cachoeira.

Recanto Saltinho tem passeios e opção de acampamento com pernoite

Foto: divulgação.

O Recanto Saltinho é uma propriedade localizada em Tijucas do Sul, a cerca de 73 quilômetros de Curitiba. A principal atração do local é a Cachoeira Saltinho, uma imponente queda de água que dá nome ao parque, aberto no final dos anos 1980. Além disso, o espaço conta ainda com restaurante especializado em carnes e comida campeira servidos em pratos à la carte, churrasqueiras, áreas para acampamento com toda a infraestrutura, piquenique e uma imensa área verde, além de espaços para pesca e trilhas pela mata e locais temáticos, como presépio, escada panorâmica, jardim dos anões e ilha dos namorados.

A entrada custa R$ 15 para adultos. Crianças de 7 a 12 anos pagam R$ 8 para passar o dia. Para acampar uma noite o valor é de R$ 30 por pessoa. O parque está aberto diariamente das 9h às 18 horas. Por razão de segurança, as visitas também estão sendo previamente agendadas para evitar aglomerações. O telefone/whatsapp é (41) 98733-1737. Outras informações podem ser acessadas no site do Recanto Saltinho.


Fonte: Post Completo

Sobre Hidro Curitiba

Verifique também

Limpeza de armadilha de gordura: desentupindo lucros de restaurantes

O que procurar em uma empresa de Desentupidora Curitiba de títulos?

Duto entupido: razões para contratar uma Desentupidora Curitiba especializada já que a Desentupidora Curitiba Hidro …

Call Now Button